Rua Januário Matroni, 143 - 1º Andar - Guarulhos-SP 11 2472-7113 11 2463-2101 11 4386-4071

A sobrevivência das empresas

“A precificação de produtos com margens gordas acabaram….”

A sobrevivência das empresas

Até a pouco tempo, as empresas precificavam seus produtos utilizando as informações de custos diretos e indiretos em sua fabricação, colocavam uma margem (Mark-up), resultando no preço de venda. Tudo isto mudou, e muitas empresas ainda não se deram conta que o Brasil está em outra era, a era do consumidor.

…..Hoje a determinação do preço está na disposição do consumidor de quanto ele aceita pagar pelo produto. Ou seja, o mercado define os preços. Desta forma, o poder mudou de mãos!

Isto quer dizer que não preciso mais saber quanto custa fabricar?

…..Muito pelo contrário, a relação vem de cima para baixo. Ou seja, as empresas precisam se adequar às exigências do mercado. Com os preços sendo impostos pelo mercado, bem como um forte incremento nas suas exigências, as empresas precisam saber exatamente quanto custa fabricar seus produtos e mais ainda, por etapas do processo produtivo. Só desta maneira será possível enxergar se o processo produtivo ainda é viável e lucrativo, e se passa a ser interessante pensar em subcontratação parcial ou total. Estamos vivendo uma situação que nunca foi vivida. Nunca tivemos tanta competição, com tantas empresas e produtos batendo de frente com os nossos. O passado não nos ensina muito mais, pois as situações são outras e cabe às empresas cheirar o novo, como cita o livro “Quem mexeu no meu queijo”, de Jhonson e Spencer. Daí a importância da Inovação e da Criatividade.

…..Inovar não é atender o cliente no que ele quer e sim, surpreendê-lo. Normalmente quando perguntado, o mercado pede Desconto e Prazo, e as empresas têm a obrigação de ouvi-lo, entusiasmá-lo com produtos e serviços fundamentalmente novos e diferentes. Creio que nenhum cliente pediu o fax, o telefone celular ou talvez o Facebook. Se você ficar só ouvindo o cliente e se restringindo ao que ele pede, correrá o risco de aparecer alguém e surpreender o seu cliente, tirando-o de você! Para ser competitivo é necessário atender a três requisitos importantíssimos: Preço, Qualidade e Serviços (parceria). Não adianta ter preço se não tem qualidade, da mesma forma não adianta ter qualidade se os preços estão fora do alcance do cliente, e também, não adianta ter preço, qualidade e não atender aos anseios na hora que o cliente precisa.

…..Dos três requisitos, o que o empresário tem mais dificuldades é a primeira, o preço. A falta de conhecimento de se avaliar os custos dos produtos é latente. Profissionais desta área normalmente são oriundos da contabilidade e possuem uma visão macro e restrita a período, e sérias dificuldades em levantar os custos reais por produto ou por etapa produtiva, pois seu conhecimento de processo fabril é mínimo. Mas porque estou falando de custos se no inicio deste artigo eu mencionei que o mercado é que faz o preço. Simples, independentemente de o mercado ditar o preço, precisamos enxergar se temos condições de produzir neste valor e com que margem. Por isso, falar de custos.

…..“Todos os dias na África, uma gazela acorda e sabe que vai ter que correr muito para não ser pega pelo leão. Todos os dias na África, um leão acorda e sabe que vai ter que correr muito atrás de uma gazela para não morrer de fome”. Não importa se você é uma gazela ou um leão, o importante é estar preparado para a luta!


Por: MOURA FERNANDES

Fevereiro 1st, 2016

Categorias: Artigos



Gostou? compartilhe!

Solicite um orçamento